PIRARUCU GIGANTE OU UM MONSTRO PRÉ-HISTÓRICO.


No dia  que seria comemorado a segunda festa do PIRARUCU  (Arapaima gigas) é um dos maiores peixes de água doce fluviais e lacustres do Brasil) no Municipio de Marãa,  a 634 quilometros de Manaus, o que poderia ser uma lenda, transformou-se em realidade, uma história que poderia ser contada em um filme de Hollywood, uma tragédia presenciada por poucos que comoveu toda uma região e com certeza  vai ficar na memória de todos para sempre.

Era sexta-feira dia 28/11/2014, a cidade estava se preparando para comemorar a segunda festa do PIRARUCU, vários artistas chegavam ao municipio, a quadra estava ornamentada, aguarando a chegada da noite para apresentação das danças, escolha da garota Marãa e muitas outras apresentações, tanta alegria foi quebrada pelos gritos de um morador. Corremos todos para frente do porto.

Socorro, Socorro.....um monstro atacou uma canoa, o homem Esbranquiçado, mau conseguia falar. repetindo que um Monstro teria atacado um pescador.
Passado algum segundos ele relatou que ia navegando pelo rio Paraná Pinapuã em frente a reserva Mamirauá e  notou que a água começou a ficar agitada e que começaram a surgir ondas e o mais incrível e que não ventava e nem tinha passado nenhuma embarcação grande.





Enquanto o rio tornava-se mais agitado ele percebeu que alguns pescadores estavam olhando a movimentação do rio, foi quando surgiu o que ele chamou de Monstro, segundo ele descreve seria um PIRARUCU Gigante, com mais de 15 metros, olhos enormes, que saindo mais de dez metros de altura  da água,   golpeou o pescador que caiu no rio, após, o monstro mergulhou deixando apenas uma grande onda e o pescador morto, segundo a testemunha o pescador Ednilson era o mais antigo da colonia Z-32, uma balsa com vários pescadores, armador com arpões, dinamites, bombas caseira e armas pesadas saiu a procurado monstro.


Como por encanto o Monstro desapareceu nas águas barrentas do rio Paraná Pinapuã .



0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado! Aguardo comentário.