Uma longa trajetória.

Imagem
  Em 1977, comecei a treinar Judô, na Academia Tang Soo Do Center, com os professores Mike, Tetsuo e Tikara, localizada na rua Ramos Ferreira, hoje funciona o Fórum Trabalhista de Manaus, onde sou Servidor Público. O tempo foi passando , uma época onde brigas eram constantes, um dia em uma lanchonete conheci o Aly Almeida, que me fez um convite pra treinar no Olímpico Clube, apesar de não ser bem visto pela maioria dos alunos, aceitei. Lembro o primeiro dia de treino de uma lado COG-CENTRO OLÍMPICO DE GINASTICA, do outro lado a academia de JIU-JITSU, apesar de vim do Judô tudo era novidade, primeiro por ter que encarar algumas feras que ali treinavam, Alfredo Jacauna, Luiz Alberto, Bidida, Gula, Casio Façanha, Paulinho peixe, Nilberto, Galdino e tantos outros. O tempo foi passando , Fiz parte da primeira turma de (PARAQUEDISTAS DO OLÍMPICO CLUBE). O tempo foi passando , fui treinar na academia do professor Luiz Fonseca no Conjunto Débora, uma época difícil, porem a vontade de trein

SERRA GRANDE/RORAIMA-BRASIL/2012.

Uma aventura que começou saindo de Manaus de ônibus até a rodoviária de BOA VISTA/RR
Após uma noite acampado na rodoviária, segui rumo a Serra Grande, passando pela ponte dos Macuxis, atravessa o Rio Branco, ligando a capital Boa Vista aos municípios do Cantá, Bonfim e Normandia, com 1.200 metros de extensão, (ao fundo a SERRA GRANDE).
Nesta caminhada tinha duas opções seguir pela estrada até Cantá, o que não e aconselhavel, pois a estrada não possui acostamento, optei em seguir pela vicinal do Haras, percurso mais longo, porém menos ariscado.
No caminho um riacho e uma pausa para o almoço
Ao fundo a Serra Grande, foi uma caminhada de 10 horas, saindo da rodoviária até a vila SERRA GRANDE, local pacato de gente simples.
Na trilha para a base da serra, encontramos esta arvoré centenária.
Uma subida repleta de obstáculos, tivemos que em alguns trechos abrir uma trilha, pois estava fazendo um ano que o guia tinha subido.
Uma pausa para tomar água.
Na metada do caminho se tem uma vista belissima, quero agradecer aos irmãos, (guias) MARCIO e GLEIDIVALDO que juntos e abrindo trilha chegamos ao topo.
 Companheiro de aventuras.
Meu Deus obrigado por mais uma aventura bem sucedida, um abraço ao Coronel Paulo Sergio, aos guias MARCIO e GLEIDIVALDO, aos colaboradores e Amigos Dr. Mario Souza e Dr.Jocil Moraes a minha familia por aceitar este lado aventureiro, não passamos o natal juntos porém estavamos unidos em nossos corações e pensamentos, fica a dica vale apena aventurar-se na SERRA GRANDE.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De MANAUS para MANACAPURU.

Uma longa trajetória.

ENERGÉTICO NATURAL.

"Os Passos de Anchieta" 100 quilômetros entre Anchieta e Vitória.

RECEITA DA VOVÓ, remédios caseiros.