SIGNIFICADO DE TREKKING.


O TREKKING é nada mais que caminhar, andar, trilhar ou migrar certa distância ou horas (longas), em locais remotos (geralmente áreas montanhosas), com uma mochila munida de equipamento e material de sobrevivência.

A palavra foi emprestada pelos ingleses para designar enduro a pé por áreas remotas.




No Brasil muitos chamam de trilha. Nos EUA e em muitos outros países, essa atividade é chamada de backpacking, do inglês “backpack” que significa mochila, ou seja, backpacking poderia ser traduzido como mochilar ou trekking.

Mas não confunda, por exemplo, com o mochileiro, que fica em hotel, come em restaurante, lanchonete, praça de alimentação e visita cidades, neste caso não precisa de treino.

O praticante de TREKKING o faz como um esporte, possui um treino forte, com longas caminhadas, alguns quilos na mochila, não tem hora faça sol, chuva, o treino e focado para tentar criar a realidade do que vai enfrentar.



Trekking ou backpacking é contato total com a natureza, longe de cidades e locais povoados. Sem camas macias de hotéis, sem banho, as vezes sem ter o que beber ou comer, chuva, sol, gelo, o praticante de trekking tenta vencer o que a mãe natureza impõe.



Durante alguns dias no Deserto do Saara esta pizza, uma massa branca recheada com cocô de camelo, enterrada na areia para assar, após tirava o excesso, e com um copo d água era o café da manhã.




Modalidades de TREKKING.

1. Trekking de Competição, esta categoria, subdivide-se em:

1.1 Trekking de regularidade, é realizado em uma trilha, com local e tempo definidos. Os participantes não conhecem o percurso, por isso o importante não é a velocidade, mas sim se manter no caminho certo.

1.2 Trekking de velocidade.

Vencem os competidores que finalizarem a prova em menor tempo. A organização determina os locais dos postos de controle e os participantes utilizam bússolas e cartas de navegação.

1.3 Trekking de longa distância.

Não existe competição e o objetivo final é atingir o local especificado. Cada grupo precisa levar equipamentos e alimentação para vários dias, e podem ser:

a) Trekking independente. ( Está é a modalidade que prático)

Realizado por quem gosta de viajar sozinho, tem um ótimo preparo físico e não se importa em carregar uma mochila abarrotada de equipamentos de cozinha, onde você organiza a expedição, planeja a rota, escolhe o equipamento, compra as provisões, estuda o clima. Além disto, a viagem é mais econômica e flexível em datas e caminhadas fora do roteiro pré-determinado.


b) Trekking organizado.

Indicado para quem está iniciando na prática deste esporte ou quer se aventurar em alguma região de difícil acesso, dividindo com os colegas as despesas com a infra-estrutura necessária, como a contratação de carregadores, guias e a compra das provisões em grande quantidade. Neste caso, é necessário obter o máximo possível de informações sobre a empresa que está organizando a expedição e checar detalhadamente quais os serviços incluídos no preço anteriormente estabelecido.

c) Trekking assistido

Nessa modalidade você mesmo, ao chegar no local a ser visitado, escolherá e contratará os carregadores, guias, comprará os mantimentos e demais equipamentos coletivos. Este tipo de viagem possibilita uma maior interação com os nativos, além de contribuir para a economia local. Por outro lado, você necessitará de mais tempo para organizar a viagem, negociar com os moradores locais e barganhar preços. Some-se a isto o fato de que toda a equipe estará sob sua responsabilidade.

d) Hiking consiste em uma caminhada ao ar livre, sem obstáculos, em uma trilha demarcada pelo homem, geralmente, dentro de parques ecológicos e não exige muito preparo físico, podendo ser realizada por pessoas de todas as idades é um Bate e Volta.



                                  A vida um dia acaba, então temos que focar no desenvolvimento pessoal, mas é preciso viver também, se divertir e fazer o que se gosta.


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado! Aguardo comentário.