Uma longa trajetória.

Imagem
  Em 1977, comecei a treinar Judô, na Academia Tang Soo Do Center, com os professores Mike, Tetsuo e Tikara, localizada na rua Ramos Ferreira, hoje funciona o Fórum Trabalhista de Manaus, onde sou Servidor Público. O tempo foi passando , uma época onde brigas eram constantes, um dia em uma lanchonete conheci o Aly Almeida, que me fez um convite pra treinar no Olímpico Clube, apesar de não ser bem visto pela maioria dos alunos, aceitei. Lembro o primeiro dia de treino de uma lado COG-CENTRO OLÍMPICO DE GINASTICA, do outro lado a academia de JIU-JITSU, apesar de vim do Judô tudo era novidade, primeiro por ter que encarar algumas feras que ali treinavam, Alfredo Jacauna, Luiz Alberto, Bidida, Gula, Casio Façanha, Paulinho peixe, Nilberto, Galdino e tantos outros. O tempo foi passando , Fiz parte da primeira turma de (PARAQUEDISTAS DO OLÍMPICO CLUBE). O tempo foi passando , fui treinar na academia do professor Luiz Fonseca no Conjunto Débora, uma época difícil, porem a vontade de trein

Chega ao fim estas aventuras, se Deus permitir que venham novos desafios.


Em 2008, montamos um grupo formado pelos amigos Alan, Nonatão, Silvio, Darlene, Amanda e eu, este grupo foi chamado de COYOTES pra conhecer o Monte Roraima, com ajuda do Coronel Paulo Sergio foi uma grande aventura.
Ao retornar cada um segui seu rumo e eu continuei, passei a ser o COYOTE, comecei a praticar o Trekking e andar literalmente pelo Mundo.
E assim se passaram oito anos de  muitos treinos,  amizades que ficaram guardadas para sempre, tristezas, alegrias, lições de vida,  algumas aventuras que pareciam impossíveis, costumo dizer que estas aventuras foram abençoadas por Deus.
Contei com a colaboração, incentivo e ajuda financeira dos meus amigos porque como todo esporte o gasto e grande.
Aos acessos ao Blog 85.200.
A minha família que apesar da preocupação, me incentivou neste esporte.
Mas sabia que um dia teria que parar, me sinto realizado e nesse Trekking ao Peru, refletir sobre estes oito anos e em determinado momento da  ascensão ao Chachani, passei por um momento de sufoco o que me fez refletir e pedir a Deus que se tudo desse certo eu abandonaria o Trekking.
Pratiquei vários esportes, Paraquedismo, Judo, Jiu-Jitsu, Luta Livre, Tiro esportivo e outros o Trekking com certeza marcou a minha vida.
Que venham novas aventuras.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De MANAUS para MANACAPURU.

Uma longa trajetória.

ENERGÉTICO NATURAL.

"Os Passos de Anchieta" 100 quilômetros entre Anchieta e Vitória.

RECEITA DA VOVÓ, remédios caseiros.