TREKKING SANTA CRUZ - HUARAZ/PERU. PARTE IV.

  • Distância
    59,1 km (sem o extra) 
  • Tempo
    04 dias e 03 noites
  • Elevação
    4.970 m 
                                                                      03 dias e 02 noites

Após uma noite que não conseguir relaxar, um pouco cansado e ansioso pra esta grande aventura,.
É hora de seguir rumo ao Trekking Santa Cruz, um dos mais belos e procurados da região, sei que exige um bom preparo físico, especialmente para a travessia da cordilheira branca, a quase 5 mil metros de altitude.
O percurso é um só, mas é possível realizá-lo no sentido Vaquería-Cashapampa ou vice-versa.
Em uma vam nos pontos predeterminados, o grupo vai se formando, ao todo 12 pessoas Europeus, Americanos e o coyote.

A saída de Huaraz ocorre às 5:30. 
O deslocamento até a cidade de Yungay dura cerca de 1h30min. Depois do café da manhã no mercado local, a viagem segue até a entrada do Parque Nacional de Huascarán, onde se paga o ingresso. Atualmente os valores são 60 Novo Sol.


Este Trekking pode ser feito em quatro dias e três noites ou três dias e duas noites.
O grupo ficou dividido, alguns optaram pelos quatro outros pelos três dias, eu fiquei na dúvida e preferir esperar um pouco mais pra decidir.



Esse primeiro dia é uma espécie de aclimatização: caminha-se apenas 9 km e a elevação não é muito grande. 

À noite, a janta é servida de forma bastante simples, como costuma ser em acampamentos: chá de coca, sopa de trigo, legumes e frango.

O segundo dia a trilha já se torna  pesada. São 14 km e a maior elevação (aproximadamente 800 m). 



O extra, aqui o grupo se dividiu e nos resolvemos fazer o trekking em três dias e duas noites, incluindo um extra de 20km até a laguna Arhuaycocha, o restante do grupo segui para o acampamento.
Não imaginava que aqui seria a ultima vez que iriamos caminhar juntos.





O trecho que antecede o passo Punta Unión é o pior momento. A exaustão e a altitude prejudicam a coordenação motora e é preciso respeitar os limites do corpo: em caso de cansaço, uma queda pode ser fatal. Melhor descansar!





Ficou acertado que o nosso  grupo de 05 pessoas sairia as 03hs da manhã, foi uma noite longa, fria e assustadora, pois o barulho de avalanche era sinistro.
 Pela manhã  quando ouvir vozes, já levantei e fui tomar café, pra minha surpresa apenas um casal apareceu o restante desistiu.
Confesso que bateu um medo, então com o guia seguimos caminho, quase cinco horas chegamos ao Punta Union, ultrapassando a Cordilheira Branca.

O registro dos guerreiros,  nosso grito de guerra (Forte).

Acha que acabou? vai lá ver o que falta kkkkk.
Obrigado Meu Deus por estar nos guiando, fica o meu agradecimento a todos que de alguma forma fazem parte destas Aventuras.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado! Aguardo comentário.